Consumo de bebidas sem ou poucas calorias no Registo Nacional de Controlo de Peso

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Autor(es): Catenacci VA, Pan Z, Thomas JG, Ogden LG, Roberts SA, Wyatt HR, Wing RR, Hill JO
Nome da Publicação : Obesity (Silver Spring), 2014 Oct; 22(10): 2241-51
Ano de publicação : 2014

Sumário

Objectivo: O objetivo deste estudo transversal foi avaliar a prevalência e estratégias de consumo de bebidas com adoçantes de baixas calorias no sucesso da manutenção de perda de peso. Métodos: Um questionário on-line a 434 membros do Registo Nacional de Controlo de Peso (indivíduos que perderam 13,6 kg e perda de peso mantida por & gt; 1 ano). Resultados:Enquanto poucos participantes (10%) consomem bebidas açucaradas com regularidade, 53% consomem regularmente bebidas com adoçantes de baixas calorias. As cinco principais razões para a escolha de bebidas com adoçantes de baixas calorias foram o paladar (54%), satisfazer a sede (40%), parte da rotina (27%), reduzir as calorias (22%) acompanhar as refeições (21%). A maioria que consumiu bebidas com adoçantes de baixas calorias (78%) sentiu que estas ajudaram a controlar a ingestão calórica total. Muitos participantes consideraram que a mudança de padrões de consumo de bebidas era muito importante na perda de peso (42%) e na sua manutenção (40%). O aumento do consumo de água foi, de longe, a estratégia mais comum, seguida da redução do consumo regular de bebidas calóricas.Conclusões: O consumo regular de bebidas com adoçantes de baixas calorias é comum numa perda e manutenção de peso bem sucedida, por diversas razões incluindo o facto de ajudar os indivíduos a limitar o consumo total de energia. No Registo Nacional de Controlo de Peso (NWCR) a mudança de padrões de consumo de bebidas foi sentida como muito importante para a perda e manutenção de peso por uma percentagem substancial de pessoas que mantiveram com sucesso o peso perdido.

Ver o documento completo