Bebidas adocicadas artificialmente e a resposta à crise global da obesidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Autor(es): Borges MC, Louzada ML, de Sa TH, Laverty AA, Parra DC, Garzillo JM, Monteiro CA, Millett C
Nome da Publicação : Plos Med 2017; 14(1): e1002195. doi:10.1371/journal.pmed.1002195
Ano de publicação : 2017

Sumário

Este artigo na Plos Medicine de Borges et al é apenas um comentário e não um novo estudo clínico ou revisão da literatura e, portanto, não pode proporcionar dados de suporte para as alegações de que existe uma “ ausência de evidência para confirmar o papel das bebidas dietéticas na prevenção do aumento de peso “. Contrariamente às afirmações dos autores neste artigo de opinião, um forte conjunto de elementos de prova fundamentados em pesquisas de elevada qualidade confirma o papel benéfico do uso de adoçantes de baixas calorias para ajudar a reduzir a ingestão geral de calorias, quando usados em vez do açúcar e como parte de uma dieta e estilo de vida equilibrados, sendo assim uma ferramenta útil no controlo de peso.

Ver o documento completo