Adoçantes intensos, consumo de energia e o controlo do peso corporal

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Autor(es): Bellisle F and Drewnowski A
Nome da Publicação : European Journal of Clinical Nutrition, 2007; 61: 691-700
Ano de publicação : 2007

Sumário

Este artigo analisa a evidência de estudos laboratoriais, clínicos e epidemiológicos no contexto da atual investigação sobre densidade de energia, saciedade e controlo da ingestão de alimentos, no âmbito da resposta à questão central de saber se a redução da densidade de energia de bebidas e alimentos doces tem um impacto mensurável no apetite e na ingestão global de energia. Os autores concluem que as bebidas dietéticas podem representar a opção ideal de adoçantes intensos, no contexto de uma estratégia de controle de peso e, embora tenham sido associadas a alguma perda de peso modesta em alguns ensaios, os adoçantes intensos não são supressores de apetite. Os seus efeitos finais dependerão da sua integração numa dieta energética reduzida.

Ver o documento completo