Declaração da ISA em apoio ao Dia Mundial da Saúde para travar a ascensão da diabetes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Um doce esforço para vencer a diabetes!

A Organização Mundial de Saúde (OMS) selecionou a diabetes como o tema para o Dia Mundial da Saúde 20161, para consciencializar sobre as formas como a diabetes pode ser prevenida ou tratada eficazmente assim evita-se complicações. Por ocasião do Dia Mundial da Saúde deste ano, a OMS incentiva as pessoas a concentrarem-se no diagnóstico precoce, atividade física e alimentação saudável, pois estas são as pedras angulares na prevenção da diabetes. Neste esforço, os adoçantes de baixas calorias podem tornar-se um aliado doce, tanto para a prevenção como para o tratamento da diabetes, pois proporcionam o sabor doce desejado, sem afetar os níveis de glicose e insulina no sangue.

Bater a diabetes!Uma grande proporção de casos de diabetes são evitáveis ou até tratáveis! Alterações de estilo de vida simples, como manter o peso corporal normal, envolvimento em atividade física regular – através de pelo menos 30 minutos de atividade de intensidade moderada na maioria dos dias – e adotar uma dieta saudável, mostrou-se eficaz na prevenção ou retardamento do aparecimento da diabetes tipo22.Uma dieta saudável deve incluir mais frutas e vegetais, cereais integrais e peixes, e menos carne, gorduras saturadas e açúcares, que podem ser substituídos por adoçantes de baixas calorias. Como os adoçantes de baixas calorias não têm impacto nos níveis de insulina e glicose no sangue, a sua importância nas dietas das pessoas com diabetes é indiscutível. Os adoçantes de baixas calorias oferecem o prazer de degustar alimentos e bebidas sem calorias e, mais importante, sem afetar o controle de glicose3, como também reconhecido na declaração científica conjunta da American Heart Association (AHA) e da American Diabetes Association (ADA) 4. Além disso, em 2011, na sequência da avaliação da Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar (EFSA) em relação à evidência dos adoçantes de baixas calorias, a Comissão Europeia aprovou a seguinte alegação de saúde: “O consumo de alimentos / bebidas contendo adoçantes de baixas calorias em vez de açúcar, induz uma menor elevação da glicemia após o seu consumo, em comparação com alimentos / bebidas contendo açúcar”5.

Páre o aumento!

A diabetes é uma doença não transmissível que afeta diretamente mais de 350 milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente em países de rendimento baixo e médio6. Esse número provavelmente será mais do dobro nos próximos 20 anos, o que é em grande parte atribuído aos níveis crescentes de obesidade e inatividade física7. Na Europa, com base nos últimos números divulgados pela Federação Internacional de Diabetes, estima-se que em 20158 59,8 milhões de pessoas entre 20 e 79 anos sofram de diabetes.

Continuando com a tradição de apoiar iniciativas que visam deter o aumento da diabetes, a Associação Internacional de Adoçantes (ISA) orgulha-se de apoiar o Dia Mundial da Saúde no dia 7 de abril. Pode ler mais informações sobre o Dia Mundial da Saúde 2016, através do seguintelink e descubra como os adoçantes de baixas calorias podem ajudar as pessoas com diabetes a manter o doce na vida através da ISAbrochura na diabetes.

  1. http://www.who.int/campaigns/world-health-day/2016/en/
  2. http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs312/en/
  3. American Diabetes Association. Nutrition principles and recommendations in diabetes. Diabetes Care (2004);27: S36-46
  4. Gardner C, et al. Nonnutritive sweeteners: current use and health perspectives: a scientific statement from the American Heart Association and the American Diabetes Association. Diabetes Care. (2012) Aug;35(8):1798-808
  5. EFSA Journal 2011;9(6):2229, EU Register on Nutrition & Health Claims
  6. http://www.who.int/topics/diabetes_mellitus/en/
  7. http://www.idf.org/wdd-index/
  8. IDF, Diabetes Atlas 7th edition 2015, http://www.diabetesatlas.org/resources/2015-atlas.html