Apetite por Adoçantes Intensivos para um paladar doce e a relação com o controlo de peso

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Autor(es): Bellisle F
Nome da Publicação : Current Obesity Reports, 2015 Mar; 4(1): 106-110
Ano de publicação : 2015

Sumário

O resultado desta revisão científica destaca que, em geral, “os estudos existentes, que utilizam metodologias amplamente diferentes em vários tipos de consumidores (homens, mulheres, magras, obesas, nunca obesas e ex-obesas), alcançam conclusões em grande parte convergentes: a utilização de adoçantes de baixas calorias não apresentam associação consistente com um aumento do apetite por açúcar ou produtos doces”. O autor refere: “em muitos casos, o uso de adoçantes de baixas calorias está associado a uma menor ingestão de substâncias de sabor doce”. O autor afirma que “estudos de intervenção recentes em crianças e adultos confirmam que o uso de adoçantes de baixas calorias costuma reduzir, em vez de aumentar, a ingestão de alimentos contendo açúcar e facilitar, em vez de prejudicar, a perda de peso”. O autor conclui que, “são necessários estudos aleatorizados de longo prazo para confirmar os benefícios dos adoçantes de baixas calorias em diferentes aspetos do controlo de peso: prevenção de aumento de peso, perda de peso e/ou manutenção da perda de peso.”

Ver o documento completo