Mantenha a sua boca saudável e orgulhe-se!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

A Associação Internacional de Adoçantes (ISA) apoia o Dia Mundial da Saúde Oral 2022

Bruxelas, 17 de março de 2022: Com uma saúde oral delicada que afeta atualmente quase 3,5 mil milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 530 milhões de crianças que sofrem de cáries dentárias na primeira dentição, o Dia Mundial da Saúde Oral, celebrado a 20 de março, é fundamental para a sensibilização sobre a importância de manter a nossa boca saudável para uma melhor qualidade de vida em geral. Com isto em mente, a Associação Internacional de Adoçantes (ISA) orgulha-se de renovar o seu apoio à FDI – Federação Dentária Internacional na celebração do Dia Mundial da Saúde Oral, com um vídeo animado dedicado a promover a boa saúde oral.

De facto, uma boca pouco saudável pode afetar gravemente todos os aspetos da nossa vida quotidiana, desde mastigar até engolir, bem como falar, sorrir e até mesmo o nosso bem-estar físico, emocional, mental e social.1

Por outro lado, a boa notícia é que embora a cárie dentária seja a condição de saúde mais comum no mundo, a cárie dentária e a maioria das condições de saúde oral podem ser, em grande parte, prevenidas e podem ser tratadas nas suas fases iniciais.1 É por isso que é muito importante para cada um de nós zelar pela nossa saúde oral, pela nossa felicidade e bem-estar geral.

O Dia Mundial da Saúde Oral (WOHD) é, portanto, um momento decisivo para sensibilizar para a importância de uma boa saúde oral, e por ocasião do WOHD 2022 a FDI – Federação Dentária Internacional apela a todos para que se adotem medidas significativas para ajudar a acabar com a negligência da saúde oral global.1

Adote medidas para a sua boca e orgulhe-se

Alcançar a saúde oral ideal é possível através da prática de uma boa higiene oral. Isto inclui:1

  • Escovar os nossos dentes durante dois minutos, duas vezes por dia, com uma pasta dentífrica com flúor;
  • Visita ao dentista para um acompanhamento regular e limpeza dentária;
  • Adotar um regime alimentar equilibrado, pobre em açúcar e rico em frutas e legumes;
  • Evitar todas as formas de tabaco e limitar o consumo de álcool;
  • Mastigar pastilha sem açúcar depois de comer e beber.

Tendo isto em mente, a ISA orgulha-se de apresentar um novo vídeo animado, desenvolvido em apoio ao WOHD 2022 e às suas mensagens-chave, com o objetivo de promover ainda mais a informação da FDI – Federação Dentária Internacional e o papel que os adoçantes sem ou de baixas calorias podem desempenhar numa boa saúde oral. Veja o vídeo abaixo ou clique aqui.

Enquanto que o consumo excessivo de açúcar pode contribuir para o desenvolvimento da cárie dentária2, ao contrário dos açúcares livres e outros hidratos de carbono, os adoçantes sem ou de baixas calorias não são fermentáveis, o que significa que não podem causar cárie dentária ou comprometer a saúde oral. Como tal, podem integrar-se bem numa dieta amiga dos dentes3,4,5 e têm os benefícios de adicionar doçura e substituir açúcares não só em alimentos, bebidas e pastilhas elásticas sem açúcar, mas também em produtos de cuidados pessoais como pasta de dentes e elixires orais.

Graças a estas propriedades, os adoçantes sem ou de baixas calorias permitem aos fabricantes de alimentos e bebidas reformular os produtos e apoiar a saúde oral, contribuindo para ambientes alimentares saudáveis, tal como encorajado pelos Governos a nível mundial.6,7,8 Para mais informações sobre o papel dos adoçantes sem ou de baixas calorias na saúde oral, convidamos-vos a descarregar a infografia específica ao clicar aqui ou a ler mais na nossa ficha informativa dedicada à saúde oral, que está disponível aqui.

Uma boca saudável não tem de ser perfeita; apenas tem de ser saudável. Cuide da sua boca, de si mesmo, e orgulhe-se!

Participe na conversa em torno do Dia Mundial da Saúde Oral de 2022 nas redes sociais, ao utilizar os hashtags específicos: #ISA4WOHD, #WOHD22, #MouthProud, #MouthProudChallenge e #GoMouthProud.

  1. https://www.worldoralhealthday.org/
  2. EFSA NDA Panel. Scientific Opinion on the tolerable upper intake level for dietary sugars. EFSA Journal 2022;20(2):7074
  3. The European Food Safety Authority (EFSA) has concluded that: “Consumption of foods/drinks containing intense sweeteners instead of sugar contributes to the maintenance of tooth mineralisation”. EFSA Scientific opinion on the substantiation of health claims related to intense sweeteners. EFSA 2011 Journal 9(6): 2229, and 9(4): 2076
  4. FDI World Dental Federation Policy Statement: Sugar substitutes and their role in caries prevention. Adopted by the FDI General Assembly, 26 September 2008, Stockholm, Sweden. Available online here: https://www.fdiworlddental.org/sugar-substitutes-and-their-role-caries-prevention
  5. Gibson S et al. Consensus statement on benefits of low-calorie sweeteners. Nutrition Bulletin 2014;39(4):386-389
  6. Political Declaration of the High-level Meeting of the UN General Assembly on the Prevention and Control of Non-communicable Diseases, 19 Sep 2011. http://www.who.int/nmh/events/un_ncd_summit2011/political_declaration_en.pdf
  7. Political declaration of the third High-level Meeting of the UN General Assembly on the Prevention and Control of Non-communicable diseases, 17 Oct 2018, http://www.un.org/en/ga/search/view_doc.asp?symbol=A/RES/73/2
  8. Draft Global Strategy on Oral Health. WHO Executive Board, EB150/7, Annex III, 11 Jan 2022, https://apps.who.int/gb/ebwha/pdf_files/EB150/B150_7-en.pdf