Declaração de consenso sobre os benefícios de adoçantes de baixas calorias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Autor(es): Gibson S, Drewnowski A, Hill J, Raben AB, Tuorila H, Widström E
Nome da Publicação : British Nutrition Foundation Nutrition Bulletin, 2014; 39(4): 386–389
Ano de publicação : 2014

Sumário

 

Um painel de especialistas independentes reuniu para discutir a evidência dos benefícios de adoçantes de baixas calorias em cinco áreas-chave. A Declaração de Consenso representa uma posição acordada por todos os membros do Painel.

Apetite

Os adoçantes de baixas calorias não aumentam o apetite e não têm efeito percetível sobre a saciedade. A preferência pelo sabor doce é inata e universal, mas a evidência não sugere que os adoçantes estimulem o apetite; na verdade, podem satisfazer o desejo de coisas doces e ajudar a adesão às dietas de redução de peso. São necessárias mais investigações quanto a uma possível habituação dos efeitos dos adoçantes de baixas calorias sobre o apetite, a saciedade e a ingestão de alimentos.

Consumo de energia

Os adoçantes de baixas calorias ajudam a reduzir o consumo de energia quando usado em vez de ingredientes de maior valor energético. O benefício dos adoçante de baixas calorias pode ser maior para as bebidas (onde o açúcar é a principal ou única fonte de energia) do que para os alimentos, onde outros macronutrientes podem ser necessários para substituir o açúcar e proporcionar volume. As ingestões calóricas ad libitum tendem a ser mais baixas com os produtos com adoçantes de baixas calorias, porque as pessoas apenas compensam parcialmente as calorias em falta. A compensação pode depender de muitos fatores relacionados com a forma e quantidade, bem como a escala de tempo e fatores pessoais. São necessários mais dados de intervenções de longo prazo, mas parece que os adoçantes de baixas calorias, especialmente em bebidas, podem ser uma ajuda útil para manter a ingestão de energia reduzida.

Peso corporal

Os adoçantes de baixas calorias podem aumentar a perda de peso quando usados como parte de um programa comportamental de perda de peso. Revisões sistemáticas recentes e meta-análises concluíram que o uso de adoçantes de baixas calorias para substituir os açúcares resulta numa perda de peso moderada (& lt; 1kg durante várias semanas). Num ensaio clínico aleatorizado recente, as bebidas com adoçantes de baixas calorias produzem maior perda de peso em 3 meses, em comparação com a água. O uso de adoçantes de baixas calorias também é uma característica do sucesso da gestão e manutenção de perda de peso.

Glicose do sangue

Os adoçantes de baixas calorias podem ter um efeito benéfico sobre a glicose pós-prandial e insulina em indivíduos saudáveis e em pessoas com diabetes. A EFSA aprovou recentemente a alegação de saúde de que os adoçantes de baixas calorias ajudam a reduzir a resposta glicémica pós-prandial. Manter um peso corporal saudável é fundamental para o bom controlo da diabetes, portanto os adoçantes de baixas calorias também podem beneficiar pessoas com diabetes, facilitando o controlo de peso. É necessária mais pesquisa quanto ao seu papel no controlo da glicemia a longo prazo.

Saúde oral

Os adoçantes de baixas calorias têm benefícios na saúde oral quando utilizado em alimentos, bebidas, pasta de dentes e medicamentos, desde que os outros componentes sejam não-cariogénicos e não-erosivos. A EFSA aprovou a alegação de que os adoçantes de baixas calorias podem diminuir o nível de desmineralização dentária.

Ver o documento completo