Incluir adoçante na saúde oral e diabetes: A ISA celebra o Dia Europeu da Saúde Oral

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Bruxelas, 12 de setembro de 2014: Por ocasião do Dia Europeu da Saúde Oral, a ISA apoia esta oportunidade para chamar a atenção para a ligação entre a saúde oral e a diabetes. Facto desconhecido para a maioria, as doenças orais partilham um conjunto de fatores de risco comuns, que podem incluir a dieta, o tabagismo e consumo de álcool, com muitas doenças crónicas não transmissíveis e condições como obesidade, doenças cardíacas, acidente vascular cerebral, cancro e diabetes.

Os números atuais mostram que a crescente epidemia de diabetes na Europa deverá afectar 66,5 milhões de pessoas, o que equivalerá a cerca de 8,1% da população adulta em 2030.1 Este número assombroso poderia ser reduzido através da introdução de alguns simples ajustes no estilo de vida e regimes de saúde oral consistentes. Há muitas coisas que as pessoas podem fazer para manter os dentes e as gengivas saudáveis – em particular, as pessoas com diabetes têm um risco acrescido para contrair a gengivite, que pode resultar em cárie dentária grave e, em casos extremos, na perda de dentes.

Introduzir hábitos positivos na dieta, como adoçantes de baixas calorias, pode ajudar as pessoas a manter a saúde e a tratar a ocorrência de doença oral. Como os adoçantes de baixas calorias não são metabolizados por bactérias, não contribuem para a cárie dentária. Investigações mostram que mastigar pastilhas elásticas sem açúcar também pode ajudar a proteger os dentes de várias maneiras – e até mesmo reduzir a incidência de cárie dentária2 – e para os diabéticos há o benefício adicional de poderem apreciar doces sem a preocupação de qualquer impacto nos níveis de insulina.

Ao sensibilizar para a higiene oral, o Dia Europeu da Saúde Oral 2014 reforçou o papel dos estilos de vida saudáveis na manutenção de uma boca saudável.

  1. IDF Diabetes Atlas, 5th Edition, The International Diabetes Federation, http://www.idf.org/diabetesatlas
  2. Szóke J, Proskin HM, Banoczy J. Effect of after-meal sugarfree gum chewing on clinical caries. J Dent Res. 2001; 80(8): 1725-729